Bahia registra 170 casos da gripe H3N2; 48 são graves

Escrito por em 16/12/2021

Nessa quinta-feira (16), a Bahia registrou  170 casos de síndrome gripal (SG) com resultado positivo para Influenza A H3N2, segundo último boletim da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). Destes, 48 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de hospitalização.

Assim, além de Salvador, com 144 casos, registraram ocorrências os municípios de Alagoinhas (1), Camaçari (1), Catu (3), Conceição do Jacuípe (1), Eunápolis (1), Feira de Santana (2), Gandu (1), Itabepi (2), Laje (1), Lauro de Freitas (2), Macajuba (1), Porto Seguro (1), Presidente Tancredo Neves (2), São Sebastião do Passé (5), Teolândia (1) e Vitória da Conquista (1).

Dessa forma, na noite de quarta-feira, também foi registrada a primeira morte em decorrência do vírus da Influenza A H3N2. A vítima era uma mulher de 80 anos e residente em Salvador.

A Bahia recebeu, até então, 103 mil doses da vacina contra Influenza A.

“Dessas doses recebidas, 23 mil estão sendo referenciadas para os municípios que estão sendo vítimas das enchentes e alagamentos. Nós conclamamos para que a população vá aos postos e tome a vacina. Não esquecendo das medidas de proteção que estamos habituados nesse tempo de pandemia contra a Covid-19”, explica a secretária da Saúde, Tereza Paim.

A saber, o estado alcançou em 2021 a cobertura vacinal de 69,6%. Já em 2020, a cobertura média alcançou 93,55% do público-alvo. A partir das próximas semanas, o boletim será divulgado na sexta-feira.

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background