Com parecer favorável, CPI da Coelba será instalada na próxima semana na Alba

Escrito por em 18/11/2021

A CPI da Coelba obteve parecer favorável da Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e será instalada na Casa na próxima semana. A decisão consta foi publicada no Diário Oficial da casa desta quinta-feira (18).

De acordo com o site Metro1, a presidência da Casa já deferiu o pedido do deputado Tum (PSC). Agora, caberá à Mesa Diretora adotar as providências para instalação da comissão. A publicação mostra que, apesar do lucro nas cifras dos bilhões e monopólio no fornecimento de energia, a Coelba tem um histórico de apagões frequentes e lidera queixas no Procon.

Diante do parecer favorável à CPI, parlamentares já se articulam para definir a composição do colegiado. O deputado Tum disse ter ligado para o presidente do Legislativo estadual, Adolfo Menezes (PSD), para alinhar o processo de formatação. “Também já mantive contato com os líderes da oposição, Sandro Régis (DEM), e da situação, Rosemberg Pinto (PT), para tratarmos dos nomes que farão parte da CPI e do meu pleito, que considero natural, pela relatoria da comissão”, disse Tum.

O deputado afirma que acompanha o que chama de “descaso” da Coelba há cerca dois anos e diz que tem estudado a situação da empresa a fundo

Protocolada com o apoio de 39 parlamentares (18 a mais que o mínimo necessário), a CPI poderá funcionar por até 180 dias e será composta por oito membros, dentre os quais cinco titulares e três suplentes.

Apresentado há 15 dias, o requerimento de Tum enfrentou resistência da Coelba, que tentou desmobilizar deputados e esvaziar a investigação. “Felizmente, a pressão da empresa não se mostrou maior que a insatisfação generalizada dos baianos”, disse Tum.

Com a iminente instalação do colegiado, o deputado também já esboça um plano de trabalho da CPI da Coelba, com a realização de oitivas de diretores da companhia, audiências públicas e estudo de documentos que serão solicitados à empresa, Procon, à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e outros órgãos públicos.

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background