Em nota, Bolsonaro recua e diz que não teve intenção de agredir poderes

Escrito por em 09/09/2021

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) divulgou na tarde desta quinta-feira (9) uma carta aberta na qual declara respeito às instituições brasileiras e diz que “suas palavras decorrem do calor do momento”. A carta foi divulgada dois dias após um discurso golpista no 7 de Setembro, no qual fez um desafio explícito ao Supremo Tribunal Federal (STF). A informação é do portal UOL.

Na carta, Bolsonaro ameniza o tom ao citar o ministro Alexandre de Moraes, alvo principal dos seus ataques no feriado da Independência.

Intitulada “Declaração à Nação”, a nota oficial do governo Bolsonaro foi divulgada momentos após uma reunião com ex-presidente Michel Temer, em Brasília. No encontro, um dos assuntos tratados foi a paralisação de caminhoneiros, que o governo tenta controlar — em 2018, quando era presidente, Temer lidou com uma greve da categoria. E foi Temer quem indicou Moraes para o STF.

“No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever, como Presidente da República, vir a público para dizer: 1. Nunca tive nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar. 2. Sei que boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo Ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news. 3. Mas na vida pública as pessoas que exercem o poder, não têm o direito de “esticar a corda”, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia”, diz um trecho da nota.

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background