Empresária que agrediu babá em Salvador vai ter que usar tornozeleira eletrônica

Escrito por em 21/10/2021

A empresária Melina Esteves França, que é investigada por agredir a babá Raiana Ribeiro, em Salvador, terá que usar tornozeleira eletrônica conforme determinação da Justiça Federal. A informação é do portal G1 Bahia.

Segundo a publicação, imagens de câmeras de segurança da residência da investigada mostraram uma rotina de agressões contra a babá da suas duas filhas. Raiana se jogou do terceiro andar de um prédio, no Imbuí, para fugir das agressões.

O pedido de prisão preventiva de Melina foi negado, de acordo com o Ministério Público Federal (MPF), por ela ser mãe de duas crianças pequenas. Com isso, o órgão determinou o uso do monitoramento eletrônico.

Melina foi indiciada  pelos crimes de ameaça, lesao corporal, cárcere privado qualificado e redução condicional a escravo. Em setembro, o Ministério Público do Trabalho (MPT) entrou na Justiça com ação civil pública contra Melina.

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background