Envio de três milhões de doses da vacina da Janssen ao Brasil é adiada

Escrito por em 14/06/2021

A entrega de três milhões de doses de vacinas da Janssen foi adiada. A informação foi confirmada pelo Ministério da Saúde. A remessa estava prevista para chegar ao Brasil nesta terça-feira (15).

Em nota, o ministério confirmou a suspensão temporária do envio e afirmou que aguarda nova previsão para entrega. “A pasta aguarda confirmação da data por parte do laboratório, mas a expectativa é de que as doses cheguem ainda esta semana ao país em três remessas”, informa o comunicado.

O Ministério da Saúde, no entanto, não informou o motivo da suspensão. 

No último sábado (12), a agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos (FDA, sigla em inglês) havia aprovado o envio das doses da vacina da Janssen, da Johnson & Johnson, ao Brasil.

O prazo de validade da vacina aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é de três meses. A agência reguladora brasileira analisa a possibilidade de ampliar para quatro meses e meio. A decisão de estender a validade foi aprovada pelo FDA na última quinta-feira (10).

A vacina da Janssen é aplicada em dose única.

Nesta segunda-feira (14), o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), confirmou que a capital vai receber 90 mil doses do imunizante.

Na capital baiana o público prioritário para aplicação da vacina da Janssen vai ser a população em situação de rua, ressaltou o prefeito

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background