Moradores às margens da BR 116 Norte reivindicam retornos e acesso não contemplados em duplicação da via

Escrito por em 14/09/2021

Após o início das obras de duplicação do trecho da BR 116 Norte, os moradores do bairro Novo Horizonte, em Feira de Santana, reivindicaram a instalação de retornos para garantir acesso à localidade, entretanto com o avanço da construção, os apelos foram ignorados na execução da obra e o retorno mais próximo fica localizado no quilômetro 417 nas proximidades do distrito de Maria Quitéria.
Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – (DNIT), a via marginal que segue em construção terá mão única no sentido centro.

Em contato com a nossa reportagem a Assessoria de Comunicação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), informou que a obra contará com a construção de um viaduto para acesso a Universidade Estadual de Feira de Santana e por isso foi construído um desvio temporário que une as pistas da BR 116 e a via marginal na saída do bairro Novo Horizonte.

Sobre os prazos o DNIT informou que “O seguimento à frente do Bairro de Novo Horizonte tem previsão de conclusão para o mês de setembro de 2021, mas ainda será executado o projeto de iluminação e a implantação da passarela para pedestres.”

A Rua Pitombeiras que liga o bairro Campo Limpo ao Novo Horizonte nos fundos da Universidade Estadual de Feira de Santana, popularmente conhecida como “Pau de Légua”, foi calçada pela prefeitura de Feira de Santana, entretanto, mesmo com cerca de um ano de concluída a obra, o alto número de buracos, quebra molas construídos indevidamente por moradores, e falta de iluminação inviabilizam o trânsito dos moradores das localidades com a devida segurança necessária.

Diante da situação, os residentes reclamam da ausência de ações da Prefeitura de Feira de Santana, segundo eles, o Serviço médico de urgência (SAMU), recusa-se a atender chamados, o que coloca em risco a saúde e a vida da população local.
De acordo com Superintendente de operações e manutenção do município, João Vianey Marval Silva, existem alguns afloramentos de lençol freático nessa rua. Nesses pontos, há danos recorrentes. Já está programado reparo no local.
Ainda de acordo com Marval Silva, a previsão para reparo é na próxima sexta-feira,18/09.

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background