Pessoas com deficiência auditiva podem ser atendidas com intérprete de Libras nas agências do INSS

Escrito por em 05/07/2022

Pessoas com deficiência auditiva podem ser atendidas nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) acompanhadas de um intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras). A norma foi publicada pelo órgão em 29 de junho e está em vigor em todas as unidades do Brasil.
Além disso, beneficiários com outros tipos de deficiência também podem ser acompanhados para o atendimento, no entanto, os casos serão avaliados individualmente, de acordo com a necessidade de cada pessoa.
Na mesma norma que autorizou o acompanhamento a pessoas com deficiência, o INSS divulgou que idosos poderão utilizar a carteira de identidade antiga para realizar os procedimentos.

Desde a última segunda-feira (4), as agências na Bahia funcionam por 12 horas diárias. O expediente é dividido entre atendimento ao público (por seis horas) e trabalho interno (seis horas). Especificamente na agência de Brotas, em Salvador, onde há realização de perícias médicas, o atendimento pode se estender das 7h às 18h.

O INSS vai realizar um mutirão durante os sábados de julho para realizar parte das perícias que ficaram pendentes durante a greve dos servidores. A paralisação de técnicos e médicos peritos durou quase dois meses e os postos ficaram fechados entre 28 de março e 24 de maio.

Os atendimentos normalmente ocorrem de segunda a sexta-feira. Por conta da demanda acumulada, o expediente “extra” acontecerá aos sábados em Salvador e em cinco cidades do interior onde há grande número de agendamentos: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Ilhéus, Itapetinga e Santa Maria da Vitória.

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background