Prefeito de Feira de Santana atribui problemas no calçamento ao lençol freático

Escrito por em 16/06/2021

Moradores do bairro Novo horizonte, na zona norte da Feira de Santana, têm enfrentado dificuldades de locomoção, após o início da obra de duplicação da BR 116 Norte. De acordo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), órgão responsável pelo trecho, a construção da via marginal que dará acesso ao Bairro tem previsão de entrega para Agosto de 2021.

A via alternativa seria a rua Pitombeiras, que passa nos fundos da Universidade Estadual de Feira de Santana, a prefeitura calçou o trecho, porém devido a barraqueira os moradores têm encontrado ainda mais dificuldades para transitar.

Em entrevista à Rádio Band FM, o prefeito Colbert Martins falou sobre a qualidade do calçamento aplicado pela gestão municipal nas ruas da cidade.

Colbert atribuiu a degradação do calçamento ao lençol freático alto e a proximidade de lagoas e admitiu a falta de acesso para aquela região da cidade.

” A Rua Pitombeiras não tem um ano ainda (que ficou) pronta. Provavelmente vamos ter que repor, até porque ali é muito próximo de lagoas e como o lençol freático é superficial, quando a água da lagoa sobe acaba folgando os paralelepípedos, que precisam ser repostos.”

Caçalmento de má qualidade trás transtorno aos moradores

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background