Prefeito de São Paulo é sedado após sagramento.

Escrito por em 15/05/2021

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), de 41 anos, apresentou agravamento do estado de saúde nesta sexta-feira (14) e seu quadro clínico foi considerado irreversível pela equipe médica do Hospital Sírio-Libanês, no Centro de São Paulo, onde ele está internado desde o dia 2 de maio.

Covas está em uma unidade semi-intensiva do hospital acompanhado por familiares. Ele recebeu sedativos e analgésicos para não sentir dores nos últimos momentos de vida.

Ele foi internado após passar mal em casa e apresentar náuseas e vômitos. Os médicos detectaram que ele estava com um quadro de anemia e foi diagnosticado um sangramento na região da cárdia, entre o estômago e esôfago (onde o câncer teve início). Covas passou por uma endoscopia e o sangramento foi contido durante o procedimento. Dias depois, o sangramento voltou e ele passou por sessões de radioterapia.

No dia 3 de maio, um dia depois de ser internado, Covas foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi intubado após a descoberta do novo sangramento no sistema digestivo.

O sangramento, causado por uma úlcera, estava localizado em cima do tumor diagnosticado em 2019, na cárdia, uma válvula na passagem do esôfago para o estômago.

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background