UPA de Feira de Santana suspende atendimento após superlotação

Escrito por em 22/12/2021

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) estadual de Feira de Santana paralisou os atendimentos a novos pacientes na manhã desta quarta-feira (22), após registrar superlotação. A UPA registrou ocupação de 164%.

No último sábado (18), os atendimentos haviam sido restritos apenas ao público infantil, também por conta da superlotação. Já no domingo (19), o serviço chegou a ser normalizado, mas na segunda-feira (20), muitos pacientes tiveram que voltar para casa sem atendimento.

Uma consequência dessa situação foi que, nesta manhã, na Unidade de Pronto Atendimento da Queimadinha, não havia espaço suficiente para que todos os pacientes fossem medicados na sala reservada para essa finalidade. Pessoas tiveram que ser medicadas na sala de espera.

INFLUENZA H3N2

Vale destacar, que, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, até a última quinta-feira (16) – data da última divulgação pela SESAB – Feira de Santana registrou dois casos confirmados de Influenza A H3N2. Segundo a secretaria, nenhum dos pacientes necessitou de hospitalização.

Na Bahia, duas mortes pela doença já foram confirmadas, ambas em Salvador. O estado já tem 170 casos da gripe H3N2.

NATAL SEM GRIPE

A prefeitura de Feira de Santana, lançou na semana passada uma campanha para intensificar a vacinação contra a gripe na cidade. Contudo, dias depois do anúncio, o Município restringiu a aplicação do imunizante para crianças de seis meses até seis anos – 11 meses e 29 dias – e idosos a partir dos 60 anos.

Até o momento, cerca de 185 mil pessoas estão imunizadas contra a Influenza em Feira. Segundo a prefeitura, novas doses já foram solicitadas ao Governo Federal, mas não há previsão de chegada.

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background