Via Bahia propõe aumento de 140% e ministro ameaça fim da concessão

Escrito por em 19/03/2021

A Via Bahia apresentou ao Ministério da Infraestrutura uma proposta para elevar o valor do pedágio em cerca de 140%, como contrapartida para investir na requalificação da rodovia, incluindo obras já previstas no contrato de concessão, mas nunca realizadas pela companhia. Segundo informações da coluna Satélite do Jornal Correio, a Via Bahia acrescentou no rol de exigência reajustar a tarifa básica nas praças de pedágio da BR-116, hoje no valor de R$ 5,10, para R$ 14.

Aos emissários da concessionária, o ministro Tarcísio Gomes de Feitas  avisou que sequer sentaria para negociar nesses termos e que manterá o processo para declarar a caducidade do contrato.  “As propostas que chegam são inaceitáveis. Como assim vou dar antes elevação de tarifa para realizar depois o que já estava previsto em contrato e deixou de ser realizado? Isso não dá para o ministério concordar”, afirmou Freitas.

Após ouvir a oferta da Via Bahia, o ministro disse estar convencido de que a  saída para resolver o impasse com a companhia é derrubar a concessão. “Vamos seguir firmes na direção da caducidade (do contrato), que parece ser a única forma de tratar isso. Nosso objetivo é retirar a Via Bahia daí (da BR-116), para depois fazer um modelo que atenda à sociedade, como estamos fazendo no resto do Brasil”, disse Tarcísio Freitas, que desde 2019 trava uma queda de braço contra a concessionária diante da recusa em concretizar investimentos obrigatórios na melhoria da estrada.

Marcado como

Faixa Atual

Título

Artista

Background